Ocupa Cacilda!

Gueto (Qual o Ônibus que Pego Depois da Rodoviária)

A convite da Associação Cultural Panorama Sonia Destri Lie foi chamada para pensar o charme. A proposta era um desafio: selecionar jovens dançarinos em comunidades do subúrbio carioca, realizar ensaios e vivências por alguns meses e, ao final, apresentar o resultado dessa criação nas Arenas Cariocas no formato de um espetáculo. Só a partir dessa descrição do projeto conseguimos imaginar o desafio que se apresentava para a coreógrafa. Um desafio que resultou em GUETO.

Gueto utiliza o charme como ponto de partida, mas não está restrito aos passinhos que vemos no baile. O espetáculo faz um retrato da realidade do baile charme, quem frequenta ou já frequentou o baile sabe que não é apenas a dança que torna aquele espaço atrativo. O espetáculo brinca com essas questões, ele consegue traduzir as brincadeiras, clima de amizade e sedução que encontramos no baile. Revela como os charmeiros reagem quando toca “aquela música”, na qual ninguém consegue ficar parado.

Gueto transpira o clima do baile, a felicidade, a espontaneidade, o prazer de dançar. Sonia, junto com os jovens selecionados, conseguiu mostrar a essência do charme. Criou um espetáculo que  surpassa os passinhos do baile e faz com que a plateia deixa o teatro com a sensação de que acabou de ir a uma festa como não ia a muito tempo.