Ocupa Cacilda!

ocupa-ocupacao_2

Ocupa Cacilda!

Ocupar, Resistir, Produzir.

O lema citado pode ser utilizado com propriedade por nós. Para concretizar a ocupação do Teatro Cacilda Becker foi necessária muita persistência e luta, só assim o projeto conseguiu sair do papel e ser produzido. Infelizmente a situação atual do país impossibilitou a ideia inicial pensada por nós, mas, como sabemos que produzir é um ato político – podendo até ser feitos em alguns momentos como uma política de guerrilha – enfrentamos as dificuldades, nos posicionamos em nossas “trincheiras” e fomos em frente. Por isso o Ocupa Cacilda! é motivo de muito orgulho para todos nós. Mesmo com um caminho tortuoso, momentos de incertezas e expectativas; conseguimos ocupar o Teatro Cacilda Becker.

Ocupa Cacilda! é uma ocupação coletiva, pensada a seis mãos, com muito carinho e suor. A programação das onze semanas tem como objetivo trabalhar diferentes aspectos da dança sob prismas que envolvem não apenas a apresentação de espetáculos, mas também a discussão do papel da dança no Brasil, a produção em dança e o espaço da criação intelectual e artística. Serão semanas intensas onde o público poderá participar ativamente e nos ajudar a ocupar o Cacilda.

A dança é uma das primeiras formas de expressão artística do homem. Ao longo de nossa existência (re)inventamos estilos; criamos uma linguagem universal com ela, independente de nosso idioma, credo, gênero, raça ou classe social; entendemos e conseguimos nos expressar e comunicar através desse fazer artístico. A dança comunica. E queremos nos comunicar através da dança. Curatorialmente escolhemos nos comunicar através das danças sociais.

A dança social não surge em um meio acadêmico nem buscava a primazia do movimento quando surgiu. São danças desenvolvidas, geralmente, dentro da cultura das festas, ligadas a grupos sociais onde o espaço da festa, do encontro, era usado para desenvolver movimentos e passos de dança. Entendemos como danças sociais, por exemplo, o break, frevo, funk, tango, dancehall e passinho, dentre milhares de outras que são desenvolvidas diariamente em todos os cantos, pelos mais diversos indivíduos. Conforme foram se tornando conhecidas, as danças sociais invadem o terreno do palco e começam a ser utilizadas por estudiosos e performances da dança. Assim diferentes trabalhos são desenvolvidos e criados, misturando indivíduos com a vivência da dança social nas festas junto a outros que são oriundos de uma diferente realidade, como, por exemplo, vindos da dança consagrada da academia.

O Ocupa Cacilda! recheou sua programação com espetáculos voltados para a dança social e irá aproximar o grande público delas com bailes e oficinas realizados aos domingos. O público poderá se divertir aprendendo passinhos de hip hop, charme, passinho e tango em nossas Domingueiras.

A programação de espetáculos é plural. Conseguimos reunir, através de muito esforço, espetáculos nacionais e internacionais. O Ocupa Cacilda! terá estreias, revisitará espetáculos da década de 1990/2000 e mostrará uma parcela da produção da dança dos últimos três anos.

Como mencionamos uma grande preocupação do Ocupa Cacilda! é ser um espaço de fomento a dança, a sua produção artística e acadêmica. Pensando nisso desenvolvemos formas de ajudar os jovens artistas e pesquisadores. Criamos a oportunidade para jovens artistas produzirem e mostrarem seus trabalhos com o suporte apropriado de técnico e produção. Se Me Dessem o Teatro é uma oportunidade para o desenvolvimento de jovens performers. Será um espaço de criação em que o público poderá participar do processo, através de ensaios aberto, e do resultado final dentro da programação artística. Cacilda Palco Aberto é outra maneira encontrada para abrir espaço à criação jovem, no formato de palco aberto. Receberemos propostas de apresentações, filmes, estudos e o que mais vocês quiserem nos enviar para serem apresentados nas noites das quartas-feiras no Cacilda. Os dois programas citados reforçam nossa preocupação com a criação nas artes do corpo. Queremos incentivar essa forma de iniciativa para que outros espaços também pensem em maneiras de ajudar jovens artistas que sofrem por falta de espaço e ajuda profissional.

A falta de espaço, de política especializada e verba serão levantadas ao longo da ocupação através de Conversas. Sentimos a necessidade de abrir um espaço de diálogo para a dança, onde seu presente e futuro possam ser discutidos pela classe e soluções sejam pensadas. Ocupa Cacilda! deseja que o pensamento crítico seja fortalecido e desenvolvido. Uma de nossas missões é ser um espaço de conversa e pensamento. Precisamos fortalecer nosso pensamento crítico para termos ferramentas na luta pela dança no Brasil.

Como não podia faltar, contaremos com uma noite dedicada ao audiovisual. Cardápio Cacilda terá um cardápio variado de filmes, curtas, espetáculos na íntegra e vídeo-danças para todos curtirem as noites de quinta. A programação é uma parceria com a Videoteca Panorama e o Canal Curta.

A ocupação será entre o período de 05 de agosto até 18 de outubro. Serão semanas intensas com dança, conversa, trocas e energia. Nosso desejo é ser apenas uma das células que alimenta e torna viva a cultura no Rio de Janeiro. Nossa luta será por difundir nossa programação de forma ampla e contar com a participação de todos.

Venha ocupar o Cacilda com a gente!

 

FICHA TÉCNICA OCUPA CACILDA!

Curadoria: Julia Baker, Rafael Fernandes e Renata Pimenta
Coordenação de Produção: Rafael Fernandes e Mônica Bittencourt
Produção Executivo: Ana Beatriz Silva
Produção Técnica: Tabatta Martins
Assistência de Produção/Formação de Público: Michelle Barros
Cenotécnico: Marcus Callegario
Técnico Montagem: André Martins
Produção de Comunicação: Julia Baker
Assessoria de Imprensa: Palavra Assessoria em Comunicação
Programação Visual: Marcello Talone
Produtor Gráfico: Sidnei Balbino
Site: Juliana Viegas
Curadoria Cardápio Cacilda: Ricco Garcia (Videoteca Panorama) e Carnal Curta!
Realização: Associação Cultural Panorama (ACPAN)

FICHA TÉCNICA ACPAN

Direção Geral: Nayse López
Direção Executiva: Renato Saraiva
Direção Financeira: Santi Elias
Assistência de Direção: Julia Pimenta
Apoio Administrativo: Fernando Norões

 

Mapa_Logos_01